Precisamos falar sobre a saúde mental dos profissionais de TI

Olá.

Esse artigo não será alegre.

Antes, um disclaimer: eu não sou estatístico, portanto não domino todas as formas possíveis de se analisar dados de uma determinada base de dados. Espero ao menos que eu consiga me fazer entender sobre a minha interpretação dos dados.

No momento que eu escrevo esse artigo, eu obtive 66 respostas rodando uma pesquisa no Linkedin por alguns dias. Se você foi uma das pessoas respondentes, muito obrigado!

Vamos um pouco ao perfil dos respondentes: 95% trabalham diretamente com TI, majoritamente masculino (75%) e mais da metade (53%) são pessoas desenvolvedoras.

Em termos de idade, a maior parte (74%) está entre os 24~35 anos e 89% moram em São Paulo.

Quando falamos de cargo, temos 20% Junior, 20% Pleno e 29% Sênior. O restante, está divido nas demais posições (estagiários, especialistas, gestores e afins).

Mas, agora vem as partes realmente ruins: desse público, ao menos 67% relatam sofrer com ao menos um tipo de doença mental (seja depressão, transtorno de ansiedade ou já passaram por algum burnout).

Dentre esse público, 82,6% das pessoas relatam que a causa de sua condição possa estar relacionado ao trabalho, 52% tem certeza que está.

Quando perguntado quais são as causas que desencadearam os sintomas, os principais ofensores foram: pressão (85,4%), ambiente tóxico (68,3%) e líder abusivo (41,5%).

Um parenteses aqui, dentro o público feminino, o machismo foi reportado como fator estressor em 23,7% dos casos, ou seja, se você acha que está tudo bem fazer piadinhas escrotas, reveja suas atitudes, porque não está. Suas piadas escrotas estão contribuindo para deixar as pessoas doentes.

Quando perguntado o que ajudou as pessoas a melhorar, 60% delas reportaram que tiveram que trocar de emprego. Ações sobre diversidade (2,3%), troca de liderança(6,8%), troca de cargo (2,3%) foram mencionados, porém, não foram muito efetivas em termos de volume.

Gente, isso é muito triste. Quantos talentos saem da empresa simplesmente porque é simplesmente insuportável continuar trabalhando ali? Isso é uma falha completa do sistema de gestão desses lugares. Se você é de RH, você se sente bem com esses resultados? Se você é gestor, o que você está fazendo para melhorar isso dentro da sua equipe?

Para finalizar, a pesquisa continha a seguinte questão: “Se você fosse responsável por propor ações que melhorassem os problemas causadores de doenças mentais na sua empresa, o que você faria?

Foram obtidas várias respostas interessantes, vou tentar resumir abaixo.

Os assuntos recorrentes foram: treinamentos em diversidade, menção a CNV, implantar cultura DevOps (referente a questão de melhorar o fluxo de entregar e ter um processo mais enxuto e menos desgastante), acompanhamento individual e levar métricas para a alta gestão fazer algo foram o que mais apareceram. Além de uma pessoa que escreveu “dar um piti”, que eu achei… peculiar.

Porém, eu gostaria de enfatizar alguns específicos, principalmente relacionado a pessoas, dado que problemas causados por pessoas podem ser resolvidos por pessoas, certo?

Em boa parte das respostas, a sensação que eu tive foi que muitas pessoas tem líderes ruins, que não sabem lidar com pessoas e tratam sua equipe como um pedaço de carne a ser colocada na engrenagem para gerar resultados. Com um detalhe: essa máquina é lubrificada com sangue e depressão.

Vou citar algumas respostas na integra aqui para ilustrar:

Tratar melhor os funcionários e tentar entender o lado deles. Muitos só se preocupam com a entrega e não com o bem estar do time :)

Contratar líderes de verdade, pessoas que sabem lidar e entendem pessoas e não carrascos.

Demitir meu antigo chefe (eu tentei várias ações/abordagens pra resolver o problema e meus superiores ignoraram).

Substituiria pessoas chave, e investiria em uma cultura renovada.

Em todas essas respostas, eu não vejo vítimas. Eu vejo pessoas que querem simplesmente serem ouvidas!

Até quando vamos continuar acreditando que “gestor que entrega” é aquele tipo abusivo que sai destruindo tudo em seu caminho? Até quando colocaremos tudo nas costas do RH e acharemos que o departamento tem que resolver tudo? O que nós podemos fazer para ajudar?

Se você tem um gestor ruim e está sofrendo, procure ajuda. Se você é do RH, ajude da forma que conseguir. E se você é gestor… provavelmente você é o principal responsável, portanto, FAÇA ALGO SOBRE ISSO.

--

--

Escritor-Desenvolvedor

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store