Os erros clássicos da indústria de software

O mito de Sísifo
Resultado da pesquisa "pilares da transformação digital" no google imagens

Na categoria de erros relacionados a pessoas, temos:

Undermined motivation: Impactar a moral do time em troca de ganhos minúsculos de processo ou reduções de custos pífias. Ex: obrigar o time a trabalhar de fim-de-semana para entregar um relatório inútil que o diretor nem se importa tanto assim.

Motivos porque não é legal interromper uma pessoa desenvolvedora

O catálogo de erros de processos consistem nos seguintes:

Overly optimistic schedules: A forma de condução de um projeto de curto prazo para um projeto de longo prazo é diferente. Portanto, assumir que tudo vai dar certo e não adicionar nenhum tipo de gordura na previsão é receita para dar errado e gerar sobrecarga no time de desenvolvimento quando as coisas derem errado.

Em problemas relacionados a produto, temos:

Requirements gold-plating: O excesso de requisitos em um software sem uma validação da real necessidade por parte dos usuários leva a falha de um produto logo de cara (e encarece muito, dado a quantidade de features inúteis geradas). A solução aqui também já é amplamente documentada: MVPs.

Em enganos no uso de tecnologia, a lista se resume a:

Silver-bullet syndrome: Não existe uma única tecnologia que resolva todos os problemas. Novamente: senão fosse um erro clichê não estaria nesse texto.

Resumo dos erros clássicos, por frequência e severidade.

--

--

Escritor-Desenvolvedor

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store